• Liana Aragão

Secretário diz que a prefeitura não irá ceder as "chantagens" das empresas de ônibus de Teresina

A greve dos motoristas e cobradores do sistema de transporte coletivo de Teresina entra, nesta quinta-feira (18), no seu 11º dia. De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transportes Rodoviários (Sintetro) a greve não tem previsão de encerrar pois as empresas de ônibus não apresentaram nenhuma nova proposta para categoria.


O secretário municipal de Finanças Robert Rios diz durante entrevista para imprensa que a prefeitura de Teresina não irá ceder pressões por parte das empresas licenciadas. " Eles querem R$ 2 milhões para o sistema de transporte voltar a operar na cidade. Este tempo de chantagem acabou.", disse. Ainda segundo o secretário, se as empresas não negociarem com os trabalhadores, a prefeitura buscará meios alternativos para não prejudicar a população.

A categoria afirma que não recebeu o salário referente ao mês de janeiro e protesta ainda contra a redução no salário, falta do ticket alimentação, plano de saúde e demissão de 50% dos cobradores. Os trabalhadores também reclamam sobre a falta do acordo coletivo de 2021.




0 comentário