• Redação

Robert Rios nega acusações e diz que ataques partem da oposição

O vice-prefeito, Robert Rios, rebate as acusações sobre um vídeo que circulou na última sexta-feira (11), pelas redes sociais. De acordo com Robert, ele não estava de posse de um veículos envolvidos na briga de trânsito.


"Eu trabalho todo dia no meu carro, com combustível pago com meu dinheiro. Nunca na vida entrei em um carro da prefeitura. Não preciso dessa pequenez. Não serei comparado a essa corja que pega dinheiro roubado em supermercados. Desafio alguém ter me visto usando carro alugado ou da prefeitura. Essa é a diferença", esclareceu Robert.


Robert disse ainda que os motivos dos ataques seriam por conta das denúncias feitas contra o ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira (PP/PI), nesta semana pela imprensa nacional. A senadora Eliane Nogueira (PP-PI), mãe de Ciro Nogueira (PP-PI), passou a usar sua cota parlamentar para alugar carro de luxo de empresa cujo dono é réu em ação de improbidade administrativa.


A parlamentar desembolsou, em dezembro de 2021 e janeiro de 2022, R$ 15 mil mensais para ter à sua disposição um Toyota SW4. Ela chegou a ter, em um mesmo mês, quatro carros pagos com verba pública, incluindo um Nissan Sentra cedido pelo Senado Federal. Desde outubro, Eliane não gasta com combustível de aeronave. Naquele mês, o jornal Folha de S. Paulo revelou que o abastecimento do jatinho era feito em locais de agenda do filho. O valor usado por Eliane Nogueira para alugar o Toyota é o mais caro entre todos os senadores que gastam com aluguel de automóvel, segundo dados de dezembro.






0 comentário