• lianaragao

Rafael Fonteles ganha no primeiro turno com apoio de Lula e Wellington


Pesquisa realizada pelo Instituto Piauiense de Opinião Pública/Amostragem, no período de 21 a 25 de maio, revela que o pré-candidato o PT, Rafael Fonteles, vence no primeiro turno as eleições para governador com o apoio de Lula e Wellington Dias, com 42,50% dos votos. Com o apoio do senador Ciro Nogueira (PP), o pré-candidato do União Brasil, Sílvio Mendes, tem 23,80% das intenções de voto na pesquisa estimulada. Em terceiro lugar os entrevistados apontaram o nome do pre-candidato do PL, Major Diego (PL), que aparece com 4,90% com apoio do presidente Jair Bolsonaro, seguido de Gessy Fonseca (PSC), com apoio do Pastor Everardo (3,25%), Gustavo Henrique (Patriota) com o apoio de Ovasco Resende (1,35%), Ravenna Castro (PMN) com o apoio de Carlos Massarolo (1%), Wallace Miranda (Novo) com o apoio do Eduardo Ribeiro (0,85%), Venício do Ó (PTB) com o apoio de Marcus Vinícius Vasconcelos (0,85%) e Alessander Mendes (Podemos) com o apoio de Renata Abreu (0,75%).


Ainda sobre a intenção de voto na pesquisa estimulada para governador com apoios, 9,55% dos entrevistados responderam que não votariam em nenhum dos candidatos, 9,05% não sabem ou não opinam e 2,15% votariam nulo ou em branco.


Já em relação à pesquisa estimulada para governador, sem considerar apoios, Rafael e Silvio Mendes estão empatado tecnicamente - o pré-candidato do União Brasil tem 27,75% e o do PT, 26,75% - uma vez que a margem de erro é dev2,19% para mais ou para menos. Logo depois dos dois pré-candidatos aparece o nome de Gessy Fonseca (PSC), com 3% das intenções, seguida por Major Diego, com 2,55%, Gustavo Henrique (1,40%), Venício do Ó (1,30%), Ravenna Castro (1,20%), Alessander Mendes (0,65%) e Wallace Miranda (0,65%). Outros 14,65% dos entrevistados responderam ninguém, 18,90% não sabem ou não opinam e 1,90% dizem que votariam nulo ou em branco.


Foram entrevistadas 2 mil pessoas em 90 municípios do Estado nas seguintes microrregiões: Baixo Parnaíba Piauiense, Litoral Piauiense, Teresina, Campo Maior, Médio Parnaíba Piauiense, Valença do Piauí, Alto Parnaíba Piauiense, Bertolínia, Floriano, Alto Médio Gurguéia, São Raimundo Nonato, Chapadas do Extremo Sul Piauiense, Picos, Pio IX, e Alto Médio Canindé.


O número do registro da pesquisa eleitoral para os cargos de governador, senador, deputado federal e deputado estadual no Tribunal Regional Eleitoral é o PI-09886/2022. A data do registro é 20 de maio de 2022.







Wellington Dias tem 52,35% para senador, contra 8,50% de Joel Rodrigues


O Amostragem também fez a pesquisa estimulada para o cargo de senador, que apontou o ex-governador Wellington Dias (PT) com 52,35% das intenções de votos dos entrevistados, seguido de Joel Rodrigues (PP), com 8,50%. Fábio Sérvio (Podemos) aparece com 4,50%, Professor Ajosé (PMN), com 3,45%, e Nil Lopes (PTB), com 1,65%.


Quando nessa pesquisa estimulada foi questionado “se a eleição fosse hoje, em qual dos seguintes candidatos o(a) sr (a) votaria para Senador?”, 15,85% dos entrevistados responderam nenhum ou ninguém, 2,40% disseram que votariam nulo ou em branco e 11,30% não sabiam ou não opinaram.


Lula tem apoio de 67,20% para presidente, contra 14% de Bolsonaro


E o instituto ainda registrou a pesquisa estimulada para o cargo de Presidente da República, com o número BR-06677/2022. Nessa modalidade, o levantamento aponta que 67,20% dos entrevistados votariam em Lula (PT), dando ampla margem de vantagem do ex-presidente sobre o atual presidente, Jair Bolsonaro (PL), que registrou apenas 14% das intenções de voto entre os piauienses. Ciro Gomes (PDT) obteve 7,20% na pesquisa estimulada e o ex-prefeito de São Paulo, João Dória (PSDB), que acabou desistindo da pré-candidatura no início desta semana, alcançou 1,15%.







0 comentário