PF investiga Semec sobre recursos para alimentação e construção de escolas em Teresina

O secretário municipal de Educação, Nouga Cardoso, afirmou que atualmente na Polícia Federal existem quatro processos em andamento contra a Secretaria Municipal de Educação (Semec). A polícia pede explicação onde foram investidos os recursos destinados para alimentação escolar e as obras dentro do projeto Proinfância, que contemplava a construção de 21 novas unidades escolares em Teresina. As investigações são referentes ao ano de 2020, do então secretário de Educação, Kleber Montezuma.


" Existem três processos na Polícia Federal, onde investigam a aplicação do dinheiro para alimentação das escolas em 2020. E hoje, terça-feira, chegou mais um processo solicitando informações dos recursos do Proinfância. A PF quer saber porque aconteceu atrasos nos pagamentos dos construtores e o porque não ficou dinheiro em caixa", disse o secretário durante o seu discurso, na manhã desta terça-feira (20), em evento no Cento de Formação Odilon Nunes, com a presença do prefeito Dr Pessoa e do secretário de Finanças, Robert Rios.







0 comentário