Mesmo após a segunda dose da vacina, jornalista morre vítima da Covid em Teresina

O jornalista e radialista Raimundo Rosa de Sá, conhecido Raimundo Cazé, morreu na noite desta segunda-feira (26) aos 77 anos após complicações ocasionadas pela covid-19. Ele estava internado na UTI do Hospital Universitário, mas não resistiu a uma parada cardíaca.

Segundo informações de amigos, o jornalista tomou as duas doses da vacina Coronavac, mas testou positivo para a doença há cerca de 10 dias, quando precisou ser hospitalizado.


Raimundo Cazé atuava há mais de 30 anos na assessoria de imprensa da Assembleia Legislativa. O jornalista, que iniciou sua carreira na década de 60, também passou por diversos veículos de comunicação do Piauí, como Jornal da Manhã, Correio do Piauí e as rádios Pioneira e Difusora.




0 comentário