• Redação

Juiz mantém julgamento do ex-vereador Djalma Filho para o dia 25 de outubro

Está mantido o julgamento do ex-vereador de Teresina, Djalma Filho, acusado de ser o mandante do assassinato do jornalista Donizetti Adalto, marcado para o dia 25 de outubro deste ano. A decisão foi proferida na última quarta-feira (06), pelo juíz Antônio Reis de Jesus Nolleto, juiz da 1ª Vara do Tribunal do Popular do Júri.


O juiz indeferiu o adiamento da sessão de julgamento afirmando não existir fundamentação legal e razoável para atender ao pedido. Ainda segundo o magistrado foram cumpridos os expedientes necessários à preparação do processo para julgamento em plenário, inclusive, no tocante ao sorteio dos jurados, obedecendo às determinações legais.


Em relação a situação emergencial em razão da pandemia causada pelo novo coronavírus, o juiz ressalta que serão observadas todas as regras de prevenção à contaminação pela covid-19, estabelecidas pela OMS e Ministério da Saúde, bem como serão seguidas as orientações da Superintendência de Gestão da Saúde e Qualidade de Vida do Tribunal de Justiça do Piauí.





0 comentário