• lianaragao

Juiz cassa chapa do PL e Leonardo Eulálio pode perder o mandato de vereador

Em ação de impugnação de mandato eletivo impetrada pelo Diretório Estadual do Progressistas e pela ex-vereadora Graça Amorim, o juiz Dioclécio Sousa da Silva, da 1ª zona eleitoral, decidiu nesta terça-feira, 10 de maio, cassar a chapa proporcional do Partido Liberal que concorreu nas eleições de 2020, com isso, o vereador Leonardo Eulálio (PL) pode perder o mandato.


Na decisão, o magistrado reconhece a prática de abuso de poder, em face de suposta fraude na cota de gênero no pleito; assim, anulando todos os votos recebidos pelos candidatos do PL. Ademais, Dioclécio Sousa declara a inelegibilidade das investigadas na ação: Katia D'Angela Silva Morais, Sonia Raquel Alves Silva e Jacira Gonçalves Rodrigues.

Graça Amarim assumiria a vaga na Câmara de Teresina. Cabe recurso à decisão.





0 comentário