• Redação

Joelma da Calypso é acusada de dar calote milionário após compra de mansão em Goiânia

A cantora Joelma, da antiga banda paraense Calypso, está com problemas judiciais por causa de uma negociação para a compra de um imóvel de alto padrão.


De acordo com a coluna de Fábia Oliveira no jornal O Dia, a cantora é alvo de um processo movido pelo proprietário da casa para a qual ela se mudou em abril de 2019, em Goiânia (GO). O problema, segundo a publicação, seria a falta de pagamento.


Documentos obtidos pela colunista apontam que a artista e o dono do imóvel chegaram a um consenso sobre o preço do imóvel, mas na hora de formalizar a venda Joelma pediu que seu nome fosse retirado no contrato e trocado pelo da filha, Natália Mendes.



Ela teria garantido que se responsabilizaria pelo pagamento e dito que ele deveria ficar despreocupado. Depois de mais de dois anos de fechar o negócio, entretanto, o proprietário da casa recorreu à Justiça alegando que a cantora só pagou 1,86% do acordado, que seria R$ 70 mil do valor total de R$ 3,75 milhões.


Segundo a publicação, além das parcelas em aberto, o dono do imóvel afirma que Joelma morou no local por 15 meses, usufuiu das comodidades e deixou dívidas como energia, IPTU, condomínio, além de despesas com conserto de avarias, totalizando um prejuízo de R$ 38.912,66.


À coluna, o proprietário destacou ainda que não tem interesse em realizar audiência de conciliação e classificou o episódio como “má-fé premeditada”.





Com informações Bahia Notícias

0 comentário