• Redação

Homem mata mulher no momento que amamentava o filho de 11 meses

O diretor do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), delegado Francisco Costa, o Barêtta, revelou na manhã desta segunda-feira (21), detalhes do assassinato de Kelly Rayane dos Santos Nascimento, de 28 anos. De acordo com o delegado, no momento do crime a vítima estava amamentando o filho de 11 meses, quando foi alvejada com um tiro na cabeça nesse domingo (20). O acusado de cometer o crime é o amante da vítima, identificado como Carlos Manoel, que está foragido.


Segundo Barêtta, Kelly Rayane foi assassinada na frente dos dois filhos, um de 4 anos e o outro de apenas 11 meses, fruto do relacionamento amoroso que ela mantinha com o acusado.


“Essa moça foi morta atingida por disparo de arma de fogo no interior da sua residência, na frente de dois filhos menores, um de 4 anos e um de 11 meses. Esse de 11 meses é fruto inclusive do relacionamento amoroso com esse indivíduo que tirou a vida dela. Segundo a mãe de Rayane, ela costumava amamentar a criança de 11 meses e na posição que ela estava. Provavelmente ela estaria amamentando a criança quando recebeu o disparo de arma de fogo na cabeça. Ainda foi levada para o hospital, mas já chegou sem vida”, relatou Barêtta.


O delegado Barêtta revelou ainda que a motivação do crime seria o fato do amante não aceitar o rompimento do relacionamento amoroso com a vítima. Após o crime, o acusado fugiu do local com a ajuda do pai dele.


0 comentário