• Redação

Greco prende dois homens acusados de participarem do arrastão na casa do empresário Abel Landim

A Polícia Civil, através do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (GRECO), realizou na manhã desta sexta-feira (19) a prisão do soldado da Polícia Militar do Piauí Jean Carlos Nunes Carneiro Júnior e Thiago Ruan Martins de Sousa, acusados de participarem de um arrastão na residência do empresário José Abel Modesto Paes Landim, na zona leste de Teresina, na última sexta-feira (12). O fato aconteceu quando Abel Landim estava em casa com a digital influencer, Raoni da Silva Sampaio, 19 anos, que também foi presa na companhia do namorado, Francisco Moisés, ambos acusados de participação na emboscada ao empresário.


De acordo com o delegado Tales Gomes, coordenador do GRECO, a prisão de Jean ocorreu no bairro Acarape, na zona Norte da capital e do Thiago em Buriti dos Lopes, região Norte do estado.


"Todos os investigados serão indicados por roubo majorado pelo concurso de pessoas e uso de arma de fogo. Roani marcou encontro na casa da vítima e abriu o portão para que Jean, Moisés e Thiago entrassem e cometessem o roubo. Jean e Thiago fugiram com a chegada da polícia e os outros dois foram presos em flagrante. O PM será enviado ao presídio militar e Thiago, que empresário, ao presídio comum", explicou.


A operação teve apoio da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais - CORE e da Delegacia Regional de Polícia Civil de Parnaíba. O inquérito policial é presidido pelo Delegado Laercio Evangelista.



Thiago Ruan Martins de Sousa


Jean Carlos Nunes Carneiro Júnior


0 comentário