FMS suspende agendamento da vacinação de pessoas com comorbidades

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) informa que o agendamento para a vacinação de pessoas de 55 a 59 anos com comorbidades está temporariamente suspenso devido à grande demanda que preencheu todas as vagas. Nessa etapa inicial, foram 1920 vagas abertas por quatro dias em 5 salas localizadas em hospitais da capital.


No entanto, a FMS esclarece que não falta vacina. Porém, para a abertura de novas vagas, é preciso fazer uma avaliação inicial da capacidade da equipe de manejo e das salas de vacina, bem como a grande quantidade de especifidades da vacina que será aplicada (Pfizer), que exige condições rigorosas de armazenamento e aplicação, para então redimensionar o quantitativo de vagas por hora.


A FMS reitera que tem doses para cobrir o público alvo desta etapa (55 a 59 anos com comorbidades), e que abrigará novas vagas breve.





Piauí recebe mais de 95 mil doses e inicia vacinação de pessoas com comorbidades e gestantes


O estado do Piauí recebeu na segunda-feira (3), 96.850 doses de vacinas para imunização contra a Covid-19. Com esses imunizantes, o estado dará início à vacinação do grupo de pessoas com comorbidades, gestantes e puérperas.


Entre as vacinas que irão chegar, estão 5.850 da Pfizer, que de acordo com a determinação do Ministério da Saúde, serão entregues ao município de Teresina. Esse quantitativo corresponde à primeira dose da vacina e proporcionará continuidade das etapas de vacinação do município. Os imunizantes virão em embalagens específicas para a garantia da temperatura negativa entre -25° e -15° graus.


“A Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) já se preparou para o armazenamento das vacinas da Pfizer, contando com seis freezers, que suportam a temperatura estabelecida pelo fabricante”, explica o secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto.


Com informações FMS

0 comentário