FMS afirma que não desativará as maternidades do Satélite e do Promorar

O presidente da Fundação Municipal de Saúde (FMS), Gilberto Albuquerque, afirmou que as maternidades municipais dos bairros Satélite e Promorar continuarão realizando atendimento à população. O anúncio foi feito nesta terça-feira (10.08) durante uma audiência pública com o Ministério Público do Estado.


“Foram realizados estudos técnicos para a implantação do Hospital da Mulher, que contaria com serviços de obstetrícia e substituiria as demais maternidades municipais por um local maior. Por conta da falta de recursos financeiros, o gestor municipal não aprovou a proposta. Consequentemente, as quatro maternidades do município continuarão funcionando, sem alterações”, disse o presidente.



0 comentário

Posts recentes

Ver tudo