Eliane Nogueira é a segunda mulher a assumir o cargo de Senadora pelo Piauí


Após a nomeação do senador Ciro Nogueira (PP) para a chefia da Casa Civil, assume a cadeira do senado federal, a primeira suplente Eliane Nogueira (PP). Ela é a segunda mulher piauiense a assumir a cargo de Senadora. A primeira foi Regina Sousa (PT).

Eliane Nogueira, 72 anos, assumirá pela primeira vez um cargo político. Casada com o ex-deputado federal Ciro Nogueira Lima, pai do senador Ciro Nogueira, sempre atuou nos bastidores político.


CPI da Pandemia


O nome de Ciro Nogueira integra a lista de membros titulares da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia. Eliane, no entanto, não assumirá automaticamente a vaga deixada pelo filho. Isso porque a comissão é formada de acordo com a indicação dos blocos parlamentares do Senado. Nesse caso, a líder do Bloco Parlamentar Unidos Pelo Brasil, senadora Mailza Gomes (PP-AC), pode nomear um novo titular para a CPI.

Enquanto isso não acontecer, os senadores Jader Barbalho (MDB-PA) e Luis Carlos Heinze (PP-RS), suplentes do bloco, devem substituir o parlamentar nas reuniões.


Nomeação


O decreto assinado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, confirmando a nomeação de Ciro Nogueira para a chefia da Casa Civil. Saiu na edição desta quarta-feira (28/07) do Diário Oficial da União,

Ciro, atual presidente do Progressistas, assume a vaga do general Luiz Eduardo Ramos, que em portaria também publicada hoje, foi nomeado ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República.


A edição do DOU traz ainda a nomeação de Onyx Lorenzoni para o ministério do Trabalho e Previdência, pasta recém criada para acomodar o aliado do presidente, que até então chefiava a Secretaria-Geral.


0 comentário