• lianaragao

Diretor da Caixa Econômica encontrado morto em Brasília é piauiense

O diretor de Controles Internos e Integridade da Caixa, Sérgio Ricardo Faustino Batista, 54 anos, encontrado morto na noite dessa terça-feira (19) na sede do banco em Brasília, é natural de Teresina (PI).



Segundo informação da Caixa, ele havia assumido a diretoria executiva do setor em 9 de março deste ano após aprovação em processo seletivo.


Ainda de acordo com a Caixa, Sérgio Faustino tem mais de 20 anos de experiência na área de Controles Internos e Risco e ingressou no banco em 1989 por aprovação em concurso público. Ele também possuía experiência de Gestão adquirida no exercício de diversas funções gerenciais exercidas ao longo de sua trajetória profissional. 


Formação

Graduado em Economia pela Universidade Católica de Brasília (1999), MBA Executivo em Finanças pelo Instituto Brasileiro de Mercado de Capitais - IBMEC (2002), pós-graduação latu sensu em Estatística Aplicada pela Universidade de Brasília - UNB (2014), e Mestrado em Economia pela Universidade Católica de Brasília (2010).


Morte

O diretor de Controles Internos e Integridade da Caixa, Sérgio Ricardo Faustino Batista, 54, foi encontrado morto na noite desta terça-feira, 19, na área externa do edifício-sede do banco, em Brasília, segundo informações da assessoria de imprensa do banco.


Investigações preliminares tratam o caso, que está sendo apurado pela Polícia Civil do Distrito Federal, como suicídio.


Recentemente, Pedro Guimarães foi demitido da presidência do banco após a divulgação de denúncias de assédio sexual e moral. Outros dirigentes da Caixa também foram afastados.

Batista chefiava a Diretoria de Controles Internos e Integridade, responsável pelo recebimento e acompanhamento de denúncias feitas por funcionários por meio dos canais internos do banco.

0 comentário