• Redação

DHPP diz que empresário executado tinha envolvimento com jogos de azar

O Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) segue investigando a morte do empresário Antônio José Torres de Assunção, de 54 anos, que foi executado no fim da tarde desta terça-feira (10), com dez disparos de arma de fogo dentro de seu veículo no bairro Ininga, zona Leste de Teresina.



O coordenador do DHPP, delegado Francisco Costa, o Baretta, informou que Antônio José Torres foi abordado por um indivíduo em uma motocicleta, enquanto saía do seu escritório. Ao encostar no carro do empresário, o acusado efetuou pelo menos 13 disparos, onde 7 atingiram a vítima, que teve morte imediata no local. Com Antônio José Torres foram encontrados o valor de R$ 6.900 dentro do carro.


Além disso, informações colhidas pelo Polícia Civil apontam que Antônio José Torres tinha com jogo do bicho e jogos de azar. “Segundo consta, ele estava atuando nesse ramo de jogos de azar, com bingo, também com jogo do bicho e formatando uma espécie de sorteio de rachadinha. Mas isso aí não é o vetorial da investigação. Nós temos a técnica; o perfil da vítima nos orienta e com certeza o criminoso deixou algumas informações, que já estão sendo devidamente analisadas e com certeza nos próximos dias estaremos com esse crime elucidado”, finaliza Barreta.






0 comentário