Cirurgião plástico se pronuncia sobre a morte de paciente em hospital de Teresina

O cirurgião plástico Carlos Tajra emitiu uma nota sobre o caso da paciente Benedita Mesquita, que faleceu no último dia 09 de setembro, após realizar uma lipoaspiração, em um hospital particular de Teresina.


De acordo com o médico a paciente teve uma consulta em julho de 2021 e foi acordado a realização de lipoescultura de corpo inteiro, além de enxertia de gordura em região sacra e glúteo superior para refinamento de cirurgia prévia. Ainda segundo o comunicado, em setembro de 2021, foi realizada a cirurgia e após o procedimento, Benedita adquiriu uma bactéria (Escherichia coli), com perfil não hospitalar, evoluindo de forma grave com sepse generalizada.


"Desde o período pós-operatório e internação em UTI, a paciente teve toda a assistência necessária, com todo o aparato mais moderno disponível, bem como acompanhamento diário realizado por mim e pela equipe médica do hospital onde estava internada. Mesmo assim, infelizmente, evoluiu para óbito", disse Carlos.





NOTA DE ESCLARECIMENTO


Primeiramente, gostaria de manifestar o meu mais profundo e sincero pesar pelo falecimento da senhora Benedita Mesquita. Solidarizo-me com a família neste momento de dor.


É importante esclarecer que a paciente me procurou, em julho de 2021, pela confiança em mim depositada, em virtude de outros procedimentos cirúrgicos estéticos executados anteriormente. Na consulta, em comum acordo, acertamos a realização de lipoescultura de corpo inteiro, além de enxertia de gordura em região sacra e glúteo superior para refinamento de cirurgia prévia.


Em setembro de 2021, procedemos com a cirurgia, contudo, a paciente adquiriu uma bactéria (Escherichia coli), com perfil não hospitalar, e que, infelizmente, evoluiu de forma grave com sepse generalizada.


Desde o período pós-operatório e internação em UTI, a paciente teve toda a assistência necessária, com todo o aparato mais moderno disponível, bem como acompanhamento diário realizado por mim e pela equipe médica do hospital onde estava internada. Mesmo assim, infelizmente, evoluiu para óbito.


Mais uma vez, lamento a perda e adianto que estou à disposição da família para qualquer assistência que seja necessária, bem como para demais esclarecimentos.


Carlos Eduardo Feitosa Tajra

CRM 3820/PI



Mais notícias sobre o assunto


https://www.pinpiaui.com.br/post/hospital-santa-maria-fala-sobre-o-caso-da-mulher-que-morreu-ap%C3%B3s-lipoaspira%C3%A7%C3%A3o-em-teresina


https://www.pinpiaui.com.br/post/cirurgi%C3%A3o-pl%C3%A1stico-%C3%A9-acusado-de-erro-m%C3%A9dico-ap%C3%B3s-a-morte-de-uma-mulher-em-teresina


0 comentário