• Redação

Câmara rejeita projeto que obrigava os servidores que escolhesse não se vacinar fossem afastados


O projeto apresentado na Câmara Municipal de Teresina pelo vereador Dudu (PT), que obrigava os servidores públicos que escolhessem não se vacinar contra a Covid-19 fossem afastados do cargo sem remuneração durante o período da pandemia, foi rejeitado nesta terça-feira, 28.


O vereador lamentou a rejeição do projeto de lei e disse que não vai ficar de braços cruzados e vai apresentar como indicativo de lei para Prefeitura.


“ Não podemos jamais permitir que um servidor possa contaminar e colocar em risco a vida do teresinense. Vai apresentar como indicativo de lei para o Executivo", explica.


Para Dudu, é inadmissível rejeitar a vacina diante de um cenário de quase 600 mil brasileiros mortos. "Lamento profundamente a rejeição do projeto, pois servidor público que recusa vacina põe em risco a população que atende e os companheiros", explicou.




0 comentário