• Liana Aragão

Aulas da rede municipal podem retornar de forma híbrida dia 1º de março


Representantes de vários órgãos e entidades sociais participaram de uma reunião na Secretaria Municipal de Educação de Teresina (Semec) para apresentar um plano de retomada das aulas na Rede Municipal de Ensino.


A proposta elaborada pela equipe da Semec é de um retorno de forma híbrida, no dia 01 de março, inicialmente com turmas do 2º, 5º e 9º ano do Ensino Fundamental, além de aulas agendadas para alunos que enfrentam dificuldades de acesso ao conteúdo remoto.


Participaram do evento autoridades de vários segmentos, dentre eles: Ordem dos Advogados do Brasil – Secção Piauí, Comitê de Operações Emergenciais (COE) de Teresina, Conselhos Regionais de Psicologia e de Medicina, Conselho Municipal de Educação, Representantes de pais de alunos, Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Teresina (Sindserm), Procuradoria Geral do Município, Fundação municipal de Saúde, Vigilância Sanitária, dentre outros.


“Trabalhamos bastante nesse planejamento, pensando em como proteger nossas crianças e reduzir os prejuízos educacionais causados pela pandemia. Não poderíamos, de forma alguma, aprovar esse plano de ação sem ouvir setores que também são cobrados sobre isso. É importantíssimo construir esse diálogo para um planejamento eficaz, responsável e seguro”, destaca o Secretário Municipal de Educação, professor Nouga Cardoso. Ele ressaltou, ainda, que os pais ficarão livres para escolher o ensino híbrido ou remoto.


A Secretária Executiva de Ensino da Semec, professora Valtéria Alvarenga, apresentou detalhes do planejamento, que inclui protocolos sanitários a serem seguidos por todas as escolas e a logística do sistema híbrido.


O plano de ação de retorno às aulas, elaborado pela Semec, será encaminhado para análise do Conselho Municipal de Educação.



Com informações Semec

0 comentário