• Da Redação

37 policiais morreram vítimas do coronavírus no Piauí

Desde o início da pandemia, o estado do Piauí já registrou a morte de 37 policiais vítimas do novo coronavírus, sendo 34 militares e 03 policiais civis. Os foram divulgados pelo deputado federal Fábio Abreu (PL), durante uma audiência nesta terça-feira (16), com a Comissão Externa de Enfrentamento a Covid da Câmara dos Deputados. Fábio Abreu, que faz parte da comissão, voltou a defender a vacinação prioritária para os profissionais da segurança.


"Enquanto isso temos apenas um preso que perdeu sua vida para a Covid no Estado. Não justifica os profissionais da segurança, que estão no enfrentamento direto, não estarem incluídos na prioridade na imunização, atrás inclusive dos detentos. É um desprestígio com a Segurança Pública", destacou.





Além de parlamentares federais, a audiência contou com a participação de representantes do Ministério da Saúde, Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Instituto Butantan, Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass). "Vamos fazer uma representação oficial junto ao Congresso para que o assunto seja urgentemente avaliado pelo Governo Federal", finalizou Fábio Abreu.


Só no último final de semana, dois policiais piauienses morreram de Covid. As vítimas foram o coronel reformado Zélio Viana, que tinha 72 anos, e o policial civil Mardem Lincow de Carvalho da Silva, que tinha 40 anos de idade e estava atuando em Brasília junto ao Ministério da Justiça.




0 comentário